BOKASHI

Bokashi

O Bokashi é essencialmente um revitalizador do solo, sendo recomendado para solos exauridos e degradados ou que sofreram muito com o uso de adubos químicos e agrotóxicos. É fonte de nutrientes para as plantas e estimula o aumento e a diversidade de organismos que vivem no solo.
Ele também ajuda a restabelecer o equilíbrio dos organismos do solo e a quebrar os ciclos de algumas doenças e pragas. Por ter quantidade balanceada de macro e micronutrientes, o seu uso favorece a boa nutrição das plantas. Por esse motivo, tem sido usado tanto por produtores convencionais, com o objetivo de recuperarem a vitalidade de seus solos, como por agricultores orgânicos e por aqueles que querem fazer a transição agroecológica, pois ocasiona resultados animadores, como o aumento da produção e a melhoria da qualidade dos produtos.
Traz benefícios para as propriedades físicas, químicas e biológicas do solo.
No Brasil, ele é conhecido como “Fermento da Vida”, exatamente porque traz vida ao solo, aumentando o número e a diversidade dos microrganismos que vivem ali. No Sul do Brasil, existe um tipo de Bokashi chamado de “adubo da independência”, pois tem auxiliado os agricultores a reduzirem a dependência dos adubos químicos e agrotóxicos.

Bokashi Aeróbico - é o Bokashi feito em presença de ar. Fica pronto em 7 dias.
- Necessita piso liso e local coberto para não molhar em caso de chuva.
- Os ingredientes são misturados dispostos em formato de canteiro com no máximo 30 cm de altura.
- Cobre-se a mistura com os próprios sacos dos farelos, para que o material comece a fermentar e não resseque.
- A temperatura não deve ultrapassar os 50ºC, devendo ser revirado com pá ou enxada toda vez que passar dos 45ºC.
- Deve-se revirar o canteiro a partir do segundo dia até o sétimo dia.
- A partir do terceiro dia, normalmente não é mais necessário cobrir o canteiro do Bokashi com os sacos dos farelos.
- A partir do quarto dia, deve-se baixar a altura para 10 cm e revirar a cada dia para que o material fique seco, finalizando com 5 cm de altura no sétimo dia e estando o material bem seco. Utilizam-se:
- 1 tonelada de material seco.
- 3 litros de microrganismos eficientes (ou 30 litros de Kefir).
- 3 litros de melaço ou 3 kg de açúcar mascavo.
- Completa-se com água até chegar a 300 litros.

Tipos de materiais
Exemplos
Quantidade
Farelos de cereais
Farelos de arroz; de trigo; de cevada etc.
50% a 60%
Tortas de oleaginosas
Torta de mamona; de soja ou girassol; algodão; dendê etc.
35 a 40%
Outros materiais vegetais
Palhas e cascas trituradas; resíduo de banana, aipim e outros resíduos de agroindústria; fubá e outras quirelas de grãos triturados.
Máximo 15%
Materiais de origem animal
Farinha de carne e osso; farinha de peixe.
Máximo 3%
Minerais
Calcário; fosfato natural; pó de pedra.
Máximo 2%


Bokashi Anaeróbico (Kenki-Bokashi) - é feito sem a presença de ar.
Normalmente, fica pronto em 21 dias (exceto em locais de clima muito quente, onde fica pronto em 15 dias). Pode ser feito em local descoberto, sobre uma lona, desde que não esteja chovendo, mas precisa ser armazenado em local protegido.
A fórmula de KENKI BOKASHI é ideal para ser feita em casa, pois não necessita ser revirada constantemente (menos mão-de-obra e espaço), ao contrario do BOKASHI que necessita ser revirado algumas vezes.
Existem varias possibilidades de misturas. Recomenda-se que se use o que for mais fácil de encontrar e mais barato nas redondezas de onde se vai produzir-los.

Utilizam-se:
- 1 tonelada de material seco.
- 1,5 a 2,0 litros de microrganismos eficientes (ou 20 litros de Kefir).
- 1,5 a 2,0 litros de melaço ou 1,5 a 2,0 kg de açúcar mascavo.
- Completa-se com água até chegar a 150-200 litros, dependendo da necessidade.
* Em ambos os casos, mistura-se bem o material, colocando a água aos poucos, de preferência com um regador, pois os materiais podem não absorver a água de forma homogênea.
* Faz-se uma revirada do material a cada regador com a solução de fermento.
* É preciso paciência para conseguir uma boa homogeneização da umidade no material.
* Sabe-se que a umidade da mistura do Bokashi está correta quando ele é apertado com a mão e se forma um torrão que se desfaz facilmente.
* Depois de muito bem misturado, o Kenki-Bokashi é guardado em sacos plásticos grandes (100 litros) e resistentes, com sacos de ráfia por fora.
* Não se devem encher demais os sacos para não dificultar o fechamento.
* Recomenda-se que se coloque, no máximo, 30 quilos.
* É importante que todo o ar seja retirado de dentro dos sacos, fechando-os e amarrando as bocas com fitilho.
* A vantagem desse tipo de Bokashi é o preparo, que não exige reviradas diárias para ficar pronto, bastando ensacá-lo.
* Para evitar o excesso de umidade que se forma na parte superior do saco, recomenda-se colocar 3 cm de farelo de trigo seco antes de fechá-lo.
* Os sacos com o Bokashi devem ser guardados em local protegido contra a presença de ratos e outros animais que possam furá-los.
* Outra alternativa é guardar o Bokashi em bombonas de plástico com tampa que possam ser vedadas.
* Após 21 dias, está pronto para o uso.
* Fechado, ele pode durar até um ano.

Cuidados: É necessário que se observe o cheiro do material. O cheiro do Bokashi pronto é agradável, de silagem. Se estiver com cheiro podre, é sinal de que a umidade ficou acima do adequado ou o saco pode ter furado, atrapalhando o processo de fermentação.

EXEMPLO 1 Kenki-Bokashi:
Ingredientes
Quantidade
Quantidade total (kg)
Torta de Mamona
4 sacos de 30 kg
120 kg
Farelo de trigo
2 sacos de 50 kg
100 kg
EM

500 ml
Água

50 a 60 litros de água

EXEMPLO 2 Kenki-Bokashi:
Ingredientes
Quantidade
Farelo de arroz
45 kg
Farelo de mamona
10 kg
Farinha de osso
6 kg
Cinza de madeira
5 kg
Palha de arroz ou casca de café
5 kg
EM-4
500 ml
Açúcar
500 gramas

Uso do Bokashi
- Aplicação no preparo do solo: em torno de 200 a 400 gramas por metro quadrado.
- Aplicação em cobertura: aplicar 200g de Bokashi por metro quadrado
- Aplicação em fruteiras: Usar de 1 a 3 kg por ano
- Em vasos, 1 colher de café rasa por mês, que deve ser colocada em uma das bordas do vaso, longe da planta. No próximo mês coloque-o na borda oposta, no mês seguinte comece a fazer uma cruz e assim por diante até o limite de 4 colheres para vasos pequenos, 6 para médios e 8 para grandes. Não use bokashi enquanto a planta estiver florida.

FONTE:
MANUAL TÉCNICO, 40
ISSN 1983-5671
PESAGRO-RJ

--------------------------------------------------------------------------------

BOKASHI COM TERRA ANAERÓBICO
INGREDIENTES
CONCENTRAÇÃO
Terra de subsolo   
55
Capins ou restos vegetais picados ou casca de arroz semi-decomposta
30
Torta de mamona ou farelo de arroz   
15
Inoculante  4 litros
4 L
Água


MODO DE PREPARO:
Misturar todos os ingredientes , ensacar hermeticamente e aguardar  21 dias, nestas condições deve ser utilizado em 30 dias , se seco  pode guardar por 6 meses.

APLICAÇÃO: Plantio : 500 gramas/m²   cobertura: 250 gramas/m²

FONTE: EMBRAPA

------------------------------------------------------------------

7 tipos formulas de  Bokashi


BOKASHI COM TERRA

1) Formula básica
Torta de mamona - 50kg
Farelo de (peixe, soja ou algodão) - 50 kg
Farelo de osso - 50kg
Esterco de aves seco - 100 kg
Farelo de (arroz ou trigo) - 15 kg
Maisena - 1 kg
Solo virgem - 250kg
Inoculante (EM) - 1/2 kg a 2 kg (EM = Efective Microorganism = lacto bacilus, trichoderma, levedura, aspergilus e actinomicetos)
Açucar mascavo ou melaço – 1kg

2)  Bokashi (fosforado)
Solo virgem - 400kg
Esterco de Aves - 40kg
Farelo de ossos - 120kg
Farelo de (arroz ou trigo) - 15kg
Maisena - 1kg
Inoculante EM - 1/2 a 2kg
Açúcar mascavo ou melaço – 1kg

3)  Bokashi 3
3 sacos de farelo de trigo de 40 kg = 120 kg no total
2 sacos de farelo de mamona de 50 kg = 100kg no total
40 a 50 litros de água
500 ml de fermento ("EM", "Kefir" ou "Embiotic")
500 g de melaço de cana, açúcar mascavo ou cristal

4) Bokashi 4
- 60 quilos de farelo de trigo
- 50 quilos de torta de mamona
- 30 litros de água sem cloro
- 1 copo de inoculante
- 1 copo de açúcar mascavo

5) Bokashi 5
500 kg de composto e/ou parcialmente misturado com esterco e/ou napier picado(napier fornece bastante potássio).
100 kg de farelo de trigo e /ou arroz.
50 a 100 kg de torta de mamona.
100 kg de cinzas de madeira.
100 kg de yoorin master.
150 kg de farinha de ossos.
40 kg de calcário dolomitico ou de conchas.
50 kg de sulfato de potássio.
2 litros de E. M.
1 frasco de Yacult.
2 litros de leite.
2 litros de melaço.
6 kg de fubá.
60 litros de água.

6) Bokashi (hortaliças folhosas)
500kg Solo argiloso
200kg Farelo de Mamona
50kg Farinha de Osso
50kg Farinha de Peixe
30kg Farelo de Arroz
170kg Esterco de galinha seco
3 Kg açúcar mascavo
3 litros EM

7) Bokashi ((hortaliças de frutos)
500kg Terra
200kg Torta de Mamona ;
100kg Farinha de Osso
50kg Farinha de Peixe
60kg Farinha de Arroz
30 kg de carvão.
5 Kg açúcar mascavo
5 litros EM

Nenhum comentário:

Postar um comentário